Make your own free website on Tripod.com

 


:: Temporada 2002-03
- Calendario-Resultados*
- Classificação*
- Estatisticas*
- Jogadores*

:: História
- Evolução do logo
- Evolução do uniforme
- História do time
- Resultados ano a ano
- Time do milênio

:: Biografias
- Craig Patrick
- Ivan Hlinka
- Joe Mullen

:: Lemieux
- Biografia
- Carreira e vida
- Citações
- Estatísticas

:: Multimídia
- Fotos
- Videos (fora do ar)
- Sons

:: Outros
- E-mail
- Sobre o site

* - Links externos


 

Biografias :: Craig Patrick

Conhecido por sua gerência calma e paciente e por sua busca pela excelência, Craig Patrick é considerado um dos melhores executivos do esporte.

"Ele é o melhor gerente geral hoje em dia." diz Mario Lemieux.

Desde que foi contratado pelos Penguins em Dezembro de 1989, Patrick liderou o time a duas Copas Stanley, cinco campeonatos de divisão e onze classificações seguidas para os playoffs. Sob seu controle os Penguins teve o segundo melhor recorde da temporada regular na NHL durante os anos 90, perdendo apenas para o Detroit Red Wings.

Pelos seus esforços Patrick foi nomeado "Executivo do ano da NHL" pela revista "Sporting News" em 1997-98 e 1998-99.

"Ser financeiramente responsável pelo o que você tem que gastar e ainda sim ter a capacidade de ter um, time vencedor é algo heróico," diz o GM do Phoenix Coyotes, Bobby Smith, "e ninguém faz isso melhor do que Craig Patrick."

As doze temporadas de Patrick no trabalho representam o maior período de um gerente geral na história dos Pens, e ele está no mesmo time há mais tempo que nenhum outro na NHL atualmente, exceto Harry Sinden do Boston Bruins e Lou Lamoriello do New Jersey Devils.

Patrick, 54, também foi técnico dos Pens em 1989-90 e 1996-97. Durante a temporada de 1998-99, quando o clube estava perto da falência, ele foi nomeado também para CEO.

Conhecido como um mestre na negociação, Patrick teve seu ponto máximo na troca em que ele adquiriu Ron Francis, Ulf Samuelsson e Grant Jennings do Hartford Whalers no ultimo dia de trocas de 1991, abrindo caminho para a primeira vitória dos Pens na Copa Stanley. Ele adicionou vários outros jogadores na sua primeira temporada completa, escolhendo Jaromir Jagr no recrutamento, assinando com Bryant Trottier que tinha passe livre e trazendo Joe Mullen, Larry Murphy, Peter Taglianetti, Jiri Hrdina, Gord Roberts e Scott Young. Ele também contratou o legendário técnico "Badger Bob" Johnson e apontou Scotty Bowman como diretor de recrutamento e desenvolvimento de jogadores.

Em 1991-92, sua segunda temporada, Patrick fez outra dramática troca, adquirindo Rick Tocchet, Ken Wregget e Kjell Samuelsson do Philadelphia Flyers e levando o Penguins a segunda Stanley Cup.

Ele voltou ao mercado de trocas no dia limite de trocas de 2000, trazendo Bob Boughner, Ron Tugnutt, Janne Laukannen, Rene Corbet e Josef Beranek numa serie de trocas, transformando o time e levando-o para a segunda rodada dos playoffs.

Membro de uma das mais famosas famílias do hóquei, incluindo o avô Lester, o pai Lynn e o tio Muzz, Patrick jogou hóquei colegial na Universidade de Denver e foi capitão dos Pioneers para o campeonato da NCAA em 1969. Ele jogou oito temporadas na NHL com 5 times diferentes, marcando 72 gols e 163 assistencias em 401 jogos antes de se aposentar em 1979. Ele fez a transição para a gerência quando teve o trabalho de gerente geral assistente no time olímpico americano de 1980, que ganhou a medalha de ouro no chamado "Miracle on Ice" em Lake Placid. O técnico deste time, Herb Brooks, foi técnico do Pens na temporada passada.

Patrick ingressou no New York Rangers como diretor de operações em 1980 e tornou-se o mais jovem gerente geral na história do time. Ele serviu até 1985-86, levando os Rangers aos playoffs em todos os anos. Patrick também passou dois anos como diretor esportivo na Universidade de Denver.

Nascido em Detroit, Patrick cresceu em Boston e New Haven e foi logo inserido no hóquei por sua família. Seu avô , Lester, foi técnico e gerente geral dos Rangers e deu ao time três Copas Stanley. Seu pai, Lynn, foi uma estrela em New York, foi técnico do clube entre 1948-50 e mais tarde gerente do Boston Bruins e do St. Louis Blues. Seu tio, Muzz, ex-campeão de boxe amador no Canada, também jogou nos Rangers como defensor e foi gerente/tecnico entre 1954-64. Lester e Lynn Patrick são membros do Hall da Fama do Hóquei.

Craig foi nomeado para o Hall da Fama do Hóquei dos Estados Unidos em 1996 e para o Hall da Fama do Hóquei em 2001.

 


Patrick, gerente geral do Pens e principal responsavel pelas trocas do time

Melhor Visualizado em 800x600 | B66 Network | Todos os direitos reservados | Webmaster : Bruno Bernardo